Toxina Botulínica

O uso da toxina botulínica no tratamento dos estrabismos tem como objetivo obter a correção do desvio ocular através da aplicação de uma substância neurotóxica capaz de causar uma denervação química. Por meio de um tratamento farmacológico, altera-se o equilíbrio de forças oculomotoras, dando-se condições para que ocorra o alinhamento dos olhos sem intervenção cirúrgica.

Facebook